Administrações Públicas e Organizações Multilaterais

Identificar e criar links para construir relacionamentos baseados na confiança.

Com base nos parâmetros contemporâneos, a sociedade requer níveis mais elevados de responsabilidade e de transparência. Identificar e criar vínculos de conexão com aqueles contextos com os quais se partilha um interesse, incluindo as administrações públicas, contribui para construirmos relações baseadas na confiança.

Os decisores a nível político ou legislativo devem estabelecer um diálogo aberto e bidirecional com grupos de interesse, sindicatos, empresas, entidades não lucrativas, instituições académicas e “think-tanks”, entre outras comunidades, para compreender as suas necessidades e exigências, aplicando-as no exercício legislativo e executivo.

Estabelecer um diálogo, estar perto e conectar-se com os decisores empresariais e institucionais constituem requisitos imprescindíveis para os Governos e Administrações Públicas, pois as conversações com todos os sectores que formam parte do tecido empresarial de um país são fundamentais para o crescimento económico do mesmo.

As estratégias que os Governos e as Administrações Públicas aplicam em matéria de comunicação e de assuntos públicos devem ter uma abordagem a longo prazo que favoreça uma visão de Estado no seu conjunto.

Desde modo, não é apenas necessário estabelecer um diálogo do Governo com os cidadãos, mas também criar canais de comunicação fluidos, para os diferentes níveis que constituem o Governo no seu conjunto para que, assim, o discurso de Marca-País esteja alinhado.

Desenhar estratégias de escuta ativa e de diagnóstico da reputação e promover a diplomacia pública 2.0 converteram-se em exigências para os Governos.

Quanto ao contexto regulador, é necessário estabelecer uma aproximação integrada, desde o nível local ao supranacional e a partir de uma abordagem multidisciplinar.

O alinhamento dos interesses do sector público e do sector privado gera oportunidades. Para tal, contamos com uma equipa de especialistas na gestão de influência em ambas as direções, graças à nossa forte presença e à nossa rede de contactos, tanto num cenário transnacional, como no sector privado.

Contacte os nossos especialistas

Sócio e Chief Strategy and Innovation Officer
Adolfo Corujo
+55 11 3060 3390
IDEAS
12 May 2022

o dataísmo: a economia que adora dados, mas não os utiliz...

Os dados e a sua exploração, graças à tecnologia, permitiram grandes realizações na ciência médica permitindo avanços incríveis no desenvolvimento de novos tratamentos e medicamentos, mas também na economia,...
27 Apr 2022

ATIVISMO CORPORATIVO FACE À GUERRA NA UCRÂNIA

As grandes marcas globais foram forçadas a tomar uma posição ativa na guerra na Ucrânia sob pressão das suas principais partes interessadas (autoridades, clientes, empregados, investidores, etc.). Fizeram-no não...
12 Apr 2022

Assuntos Europeus: Resumo das Políticas Prioridades estra...

Uma grande parte das reformas regulamentares e dos projetos de investimento que tanto o governo de Espanha como os governos regionais iniciam, faz parte dos compromissos assumidos com a...
12 Apr 2022

Relatórios periciais: como provar e quantificar os danos ...

As crises de comunicação são hoje um risco que é essencial considerar em qualquer plano de contingência no mundo corporativo. O medo de sofrer uma crise de reputação está...

Queremos colaborar consigo

Procura resolver um desafio?

Quer fazer parte da nossa equipa?

Quer que participemos no seu próximo evento?