Multiópticas

Screen Pollution: o berço com ecrãs que revolucionou as redes.

Após o êxito da campanha de Screen Pollution de 2019, a Multiópticas desafiou-nos a envolver ainda mais a sociedade na mensagem de consciencialização para o uso responsável dos ecrãs. Apercebemo-nos de que os mais pequenos são, muitas vezes, os mais vulneráveis perante esta problemática, mas também os mais descuidados, muitas vezes. Por isso, decidimos levar a tensão ao extremo e criar produtos que conseguiram revelar hábitos recorrentes que os pais têm com os seus filhos, muitas vezes inconscientemente, para os evidenciar, alarmar e convidar à reflexão.

Ouvindo pedidos reais de pais e mães nas redes sociais, criámos produtos de mobiliário infantil nos quais se integravam os ecrãs de maneira polémica. Mas surgiu-nos uma pergunta: Como transcender a sociedade e gerar o debate que queríamos alcançar?

Para isso, decidimos optar por uma estratégia em duas fases. Uma primeira fase off-brand de geração de conversa, celeuma e polémica, na qual o protagonista por trás da ação não seria a Multiópticas, mas sim uma Startup espanhola fictícia a que chamámos ‘SP Future’. Uma marca que supostamente tinha contratado uma série de influencers espanhóis de renome para dar a conhecer os seus produtos. Esta fase era vital para chegar ao número máximo de pessoas, e para o conseguir, criámos um spot de lançamento, uma página web e alimentámos os perfis de redes sociais da ‘SP Future’ com conteúdos e imagens semanas antes do lançamento, recriando tudo o que fosse necessário para gerar a ilusão de realidade sobre a empresa.

Após gerar uma onda massiva de indignação contra a SP Future, revelámos que a empresa não existia e que a Multiópticas e o seu relato Screen Pollution estavam por trás desta iniciativa com a finalidade de consciencializar a sociedade para o uso responsável dos ecrãs. A conversa negativa transformou-se, então, numa onda de conversação positiva e de impacto nos meios de comunicação que se repercutiu positivamente na reputação da marca e nas vendas de produtos relacionados com saúde ocular e ecrãs.

Impacto.

- A campanha representou para a Multiópticas um aumento de vendas de filtros de luz azul de 240%.

- Mais de 1 milhão de visualizações de maneira orgânica na peça de vídeo do Instagram em menos de 48 horas.

- A campanha acumula mais de 200 impactos nos meios de comunicação, tanto nacionais como internacionais, alcançando uma audiência de mais de 37 milhões.

- A campanha abriu um debate com uma audiência de mais de 3,8 milhões que gerou mais de 20 000 comentários e que superou um milhão de interações com o conteúdo relacionado com a campanha em menos de 48 horas.

Após o impacto da primeira campanha de Screen Pollution, a LLYC propôs-nos dar mais um passo e esquecermo-nos dos formatos convencionais para construir uma campanha com foco claro na conversação. Na Multiópticas, estamos muito contentos por termos apostado neste foco que derivou num impacto reputacional e de negócio muito positivo para a marca.

Javier Sánchez Ciudad
Diretor de Marketing da Multiópticas

Desafios

Casos relacionados

Multiópticas
Multiópticas
Caso
IDEAS
20 Sep 2022

INFLUIR NA ERA DIGITAL. Do desafio à oportunidade

O digital é desintermediação. Tanto nos negócios como na comunicação. Ou seja, pode reunir-se com estranhos para partilhar um carro e um destino sem ter de passar por uma...
6 Sep 2022

Humanizar as empresas: a chave para uma nova empatia empr...

A reputação das empresas tem sido um dos principais eixos estruturantes das estratégias de comunicação das organizações, já que o seu impacto está diretamente associado ao negócio. Numa economia...
23 Aug 2022

A HIPERMETROPIA DAS MARCAS: OS INFLUENCERS INVISÍVEIS

Provavelmente nunca lhe foi feita esta pergunta: “Acha que a sua marca precisa de óculos”? Embora esta possa ser uma pergunta estranha para iniciar um briefing de marketing, o...
26 Jul 2022

OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA COMUNICAÇÃO PARA AS EMPRESAS ...

O universo dos criptoativos atingiu o mainstream em 2020 com uma adoção massiva por parte dos utilizadores. Cada vez mais pessoas investem pela primeira vez em instrumentos não tradicionais,...

Queremos colaborar consigo

Procura resolver um desafio?

Quer fazer parte da nossa equipa?

Quer que participemos no seu próximo evento?